• Hermes Freitas

Reporting é uma função crítica!



O uso cada vez mais difundido do Analytics e Business Intelligence (ABI) nas organizações proporciona uma maior otimização dos dados do negócio, possibilitando tomadas de decisão mais apuradas e condizentes com a realidade do mercado.

As plataformas ABI são essenciais para realizar a coleta e o tratamento de dados de diversas fontes. Elas consistem em um conjunto de serviços de software, aplicativos e conectores (como por exemplo o Power BI Desktop, e o Power BI Service, aplicativos móveis, etc.) que permitem que seus usuários se conectem às suas fontes de dados e realizem as análises. Como resultado, é possível identificar oportunidades e práticas que possam ser oportunidades ou ameaças ao negócio.

A administração de tantas informações é uma tarefa complexa e um campo de atuação cada vez mais relevante e desafiador. Por isso, é necessário ter o domínio dos recursos tecnológicos disponíveis e explorar os seus benefícios, seja na captação, tratamento, análise e distribuição de informações para dentro e para fora da organização.

Reporting: distribuição de relatórios com precisão e pontualidade

Neste ínterim, o grande gargalo entre os relatórios de análise gerados na plataforma de ABI e o conhecimento deles por pessoas chave dentro da organização acaba sendo justamente a sua distribuição correta, organizada e no seu devido timing.

De acordo com o Gartner, uma grande empresa de consultoria na área de TI, existem alguns atributos críticos que devem estar presentes nas plataformas de ABI para auxiliar na comunicação interna e externa.


No seu relatório de 2021, a Gartner sugere que para realizar a devida distribuição, a plataforma ABI precisa contar com um sistema de “reporting” capaz de gerar e enviar automaticamente relatórios e painéis aos usuários, em layouts com interfaces amigáveis, em múltiplos formatos e programados para entrega em hora e data exatas.

Considerando estas e outras características do reporting, veja os benefícios:


Segurança: utilização de criptografia e autenticação de acordo com o grau de acesso do usuário, e de forma personalizável;


Cloud: facilidade de uso e redução de custos com uso na nuvem;


Multiplataforma: a capacidade de criar relatórios coletando dados de diversas fontes e produzindo informações em diversos formatos é um atributo importante.


Listas de e-mails e Filtros: um sistema de reporting pode ser programado para enviar relatórios específicos para diferentes listas de e-mail e usando filtros personalizáveis.


Automatização de envios: agendar datas, horários e frequência de “quais relatórios serão entregues para quais pessoas”.


Para aproveitar ao máximo o potencial de aplicações de ABI é importante ter os recursos de um sistema de reporting personalizável e automatizado. A entrega de relatórios (e painéis) com informações analíticas qualificam a tomada de decisões de gestores corporativos, gerentes e demais usuários que cooperam para uma efetiva cultura “data-driven”.


Conheça ReportsFeed uma solução efetiva de Reporting.